segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Inspiração - Grande corte

Oie, tudo bem mocinhas?

Tem um tempinho que pedi para as crespas/cacheadas dos grupos do facebook , uma ajuda para está postagem , muitas até já estão com cabelos bem crescidos rs, mas como a intenção é mostrar seus primeiros grandes cortes, tá valendo. Bc o big chop como chamam as meninas que passaram ou estão passando pela transição. Bc, big chop, transição?? Hahaha palavrinhas mágicas das cacheadas aqui tem nosso dicionário.

O que é o Bc é? 

Big chop, é o grande corte para se livrar de toda a parte alisada/relaxada ou somente super tingida, acontece em alguns casos, perder a definição de seus cachos pelo tanto de colorações ou descolorações sem manutenção necessária. Tive um período ruiva de farmácia, um pigmento bem forte e exigia sempre retoques que nem sempre ficam só pela raiz, e eu não tripliquei os cuidados com os cachos então perdia um pouco a definição dos cachinhos. E cortei, fiz um bc.

Muitos cuidados!


Olhe você estragando e evitando o desenvolvimentos de seus cachos, ruum.

Voltando ao bc

Vejo que muitas meninas tem medo, acham que por ter rosto redondo, ou por ser gordinha (fofa viu), ou até mesmo por ser baixinha , e é até normal pensar assim, afinal é algo novo! Então ficam com medo do resultado e por isso optam por esperar crescer até poder cortar, só que além dessa espera, tem que cuidar de duas texturas e para diminuir essa diferença prendem as vezes ainda molhados, ficam os fios sufocados, apertados, quebrando, geralmente é o que vejo por ai e fiz isso no começo, prendia todo, esticada bem a frente, enchia de gel e passava a escova até ficar baixinho, ai ficava um "rabo de cavalo" sofrido rs esticado cheio de creme e gel e amassava, até doer as mãos rs, quando esse "rabinho" não dava certo, fazia um coque, e lá vai mais estragos. E é ai que vem a demora pelos resultados e o pior aquele cabelo novo  nasce castigado, coitado viu, quebrado, cheio de frizz. Tratando de duas texturas a virgem e a parte quimicamente tratada, o que só gera mais trabalho, por este caminho que muitas desistem, sem ao menos conhecer de fato seus cabelos, saber se vao gostar.

Então se é de ficar com um cabelo demorando de crescer, estragando e preso, é mil vezes melhor você cortar. E começar seus cuidados do zero. Por isso muitas dizem " poxa tem pouco tempo que fulana fez bc o cabelo já está assim tão bonito, o meu caramba estou quase um ano nessa vida e nada, ah desisto, olha essas pontas" é bem assim né gente rsrs. Tudo por está evitando o seu desenvolvimento.

Querendo saber como ficarão depois do bc? Façam um teste, prenda todo seu cabelo e abuse de brincos, acessórios e um belo sorriso e percebam como vocês são lindas. Esqueça o medo.


Se ainda assim é difícil pra você, tudo bem .

Pessoas são livres para fazer ou não o Bc e eu sinceramente sou da opinião faça o que te faz bem. Se acha que cortando tudo não ficará legal permaneça assim e vá cortando aos poucos, não te quero chorando com a auto estima lá no fundo(em alguns casos acontece isso nos primeiros dias, mas logo se acostumam) vou lá e te puxo hein rs. E então conforme for crescendo você vai cortando, e para não manter tanto tempo ele preso veja estas dicas aqui. de como fazer cachos falsos ou ainda você pode fazer escovas , usando protetores térmicos e não esquecendo as hidratações hein. 


Não estou querendo forçar sua vontade, mas creia que um bc é tão bom, tão libertador e você obtém resultados muito mais rápido de seus cachos tanto em definição quanto em crescimento. Definição, pois é só uma textura para cuidar, nada de pontas e comprimentos lisos pesando forçando o natural ficar meio que sem forma. E o crescimento, imagine aí cabelos curtinho, você dorme e quando acorda com ele um ninho rs, acontece tá rs, tem que lavar pra ajeitar e nisso você faz uma limpeza diária de poros, sim retirando toda sujeira(suor, impurezas trazidas pelo vento, resíduos de cremes, gel e óleos)do dia anterior, nesse momento você também ativa a circulação do couro com massagem capilar o que já ajuda no crescimento.

Essas flores são dos grupos do facebook, vão servir de incentivo para vocês. Obrigada meninas!













Espero que gostem, comentem e compartilhe para sua amiga cacheada que ainda não tem coragem de cortar. Se desejar também fazer parte das incentivadoras de bc, mande sua foto para o nosso email postarei 

Nara Carvalho :)

6 Mulheres e algum homem rs?:

Suzy disse...

Parabéns pelo texto e um beijo as nossas Divas inspiradoras! :)

Nara Carvalho disse...

Suzy minha querida, obrigada pela visita e pelo carinho.

Beijooooos

Anônimo disse...

Eu tomei coragem e tb entrei na tesoura, meu cabelo estava no ombro e agora está com 4 dedos de cumprimento, eu estava receosa de ficar feio mas a maioria esmagadora das pessoas disseram que ficou ótimo, que fiquei mais jovem e até mais magra (pode?? rsrs) depois de ter sofrido um corte químico por causa de uma maldita progressiva, meu cabelo estava um horror, então pesquisando na net, vi que é possível a gente manter o cabelo crespo e bonito,que pra ser bonita não é necessário nos curvarmos à ditadura do cabelo liso, ser igual a todo mundo e ficar perdendo horas com um cabelo que não é seu...enfim, fiz e recomendo, foi uma experiência libertadora, parabéns a dona do blog, a matéria ficou show.

Filza Chabir Azize disse...

Estou neste momento a caminho do BC, e encontrar este post foi uma salvação. Realmente eu estava receosa, por causa do meu rosto redondo, mas agora ganhei coragem e vou lá.

Obrigada pelo post.
Cumps

Ingred de Souza disse...

Aí menina! Muito obrigada pelo post. Sou escrava da ditadura do liso "perfeito" desde os 10 anos de idade. Minha mãe é caucasiana e meu pai literalmente negro com descendência direta de africanos, o resultado disso foi uma mistura tanto na minha cor de pele como do cabelo. Meu cabelo pelo que eu lembro é a África na minha cabeça. Super afro mesmo. Infelizmente minha mãe não soube como cuidar do meu cabelo quando pequena e me apresentou essa alternativa (que agora ela se arrepende muito). Enfim, estou tentando me reencontrar, me aceitar como sou. Não quero um cabelo no meio das costas e quimicamente tratado e me aceitando como minha herança genética predestinou. Agora sim. Pronta pra deixar meus cachinhos imperarem. Uhuuuuuu. Obrigada pelo post. Me ajudou mais ainda. BeeeeeeeijO

Ingred de Souza disse...

Aí menina! Muito obrigada pelo post. Sou escrava da ditadura do liso "perfeito" desde os 10 anos de idade. Minha mãe é caucasiana e meu pai literalmente negro com descendência direta de africanos, o resultado disso foi uma mistura tanto na minha cor de pele como do cabelo. Meu cabelo pelo que eu lembro é a África na minha cabeça. Super afro mesmo. Infelizmente minha mãe não soube como cuidar do meu cabelo quando pequena e me apresentou essa alternativa (que agora ela se arrepende muito). Enfim, estou tentando me reencontrar, me aceitar como sou. Não quero um cabelo no meio das costas e quimicamente tratado e me aceitando como minha herança genética predestinou. Agora sim. Pronta pra deixar meus cachinhos imperarem. Uhuuuuuu. Obrigada pelo post. Me ajudou mais ainda. BeeeeeeeijO

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...